Multa pneu careca

Tudo sobre multa por pneu careca

Você já foi multado alguma vez por estar com o pneu do seu veículo careca?

Muitos motoristas podem ser penalizados devido ao pneu careca porque desconhecem a forma como se aplica a multa por pneu careca.

Neste artigo você vai esclarecer suas dúvidas a respeito da multa por pneu careca e saber exatamente como essa lei se aplica.

Logo ao acabar de ler esse artigo, indicamos que você faça o teste para saber se os seus pneus estão regulares diante a lei.

Informações da multa por pneu careca

A Lei que protege a aplicação desta multa é a Lei Nº 9.503/1997, essa lei está registrada no Código de Trânsito Brasileiro (CTB)

Esta lei é abrangente e se aplica ao trânsito de qualquer natureza nas vias terrestres do território brasileiro.

Qualquer veículo terrestre em circulação é regido por essa lei diretamente.

Com o objetivo de reduzir acidentes de trânsito, a lei foi criada em 23 de setembro de 1997 e, apesar de ter passado por algumas modificações, continua em vigor até hoje.

As especificações e regras para a aplicação da multa por pneu careca estão registradas nas resoluções do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), este que é o órgão responsável pelas normas do Sistema Nacional de Trânsito (SNT).

 Quando se aplica esta penalidade?

O objetivo da multa por pneu careca é diminuir o risco de derrapagem enquanto o motorista está pilotando. A penalização é aplicada pelos oficiais de trânsito quando os pneus do veículo estão com a banda de rodagem lisa.

Isto é, quando a parte do pneu que fica em atrito constante com o asfalto está desgastada.

Esta área do pneu é desenvolvida com sulcos, que aumentam a aderência do veículo ao solo, isto reduz a possibilidade de derrapagem e aumenta a efetividade dos freios.

Devido à segurança que o pneu conservado traz em relação à um pneu careca, é seguro afirmar que a multa por pneu careca quando aplicada, está protegendo o motorista de sofrer acidentes no futuro.

Seja em asfalto seco ou molhado, quando os pneus estão com a banda de rodagem lisa, os riscos de acidentes são elevados.

Cuidado para não ser multado

Muitos motoristas estão conduzindo veículos com pneus irregulares e ainda não sabem, e você?

Segundo as normas de trânsito registradas no Conselho Nacional de Trânsito (Contran), a multa por pneu careca deve ser aplicada quando o sulco do pneu for menor que 1,6 milímetro.

Outro fator que pode levar á aplicação da multa por pneu careca é manter um estepe em más condições! Fique atento às condições dos seus pneus.

Procure estar atento nos sulcos dos pneus do seu veículo para evitar a multa por pneu careca.

Segundo as especificações do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) o pneu não precisa estar completamente desgastado, com os sulcos no nível abaixo de 1,6 milímetro, você já será penalizado!

Como saber se os pneus do meu carro estão dentro da regularidade?

A maioria dos motoristas preocupados se previnem para não tomar multas, estes estão constantemente nas mecânicas avaliando seus carros.

Para você saber a situação dos pneus do seu veículo, passe em uma borracharia e peça para o borracheiro lhe informar a altura dos sulcos dos pneus.

A avaliação do borracheiro vai lhe dar a resposta, caso você seja informado que os sulcos estão abaixo de 1,6 milímetro, pense em trocar este ou estes pneus e trafegue sem correr riscos de levar multas ou sofrer um acidente.

Penalidade da multa por pneu careca

A penalidade por transitar com o veículo com pneu careca é grave.

Sim, o motorista pego transitando com pneu careca, leva uma multa de penalidade grave na carteira de motorista, ou seja, 5 pontos na carteira.

É bom lembrar você leitor que, segundo o inciso I do artigo 261 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), caso você chegue a acumular 20 pontos na carteira no período de 12 meses, você perde o direito de dirigir.

Recebendo quatro infrações de penalidade grave, você pode ter sua carteira suspensa ou retida.

Nos casos de suspensão da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) por excesso de pontos, a suspensão tem a duração de até 6 meses, tendo casos que chegam a 1 ano.

Caso ocorra de receber 20 pontos na carteira pela segunda vez no período de 12 meses, a suspensão dura de 8 meses até 2 anos.

O motorista que tem a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) suspensa, perde o direito de portar a CNH, e a mesma fica retida junto ao órgão de trânsito.

Pode-se retirar a CNH novamente depois do prazo determinado e diante da conclusão do curso de reciclagem.

O valor da multa por pneu careca

Os valores das multas em território brasileiro são definidos pelo nível de gravidade da penalização.

A multa por pneu careca é uma penalização de nível grave, e devido a isso o valor é de R$195,23 (Cento e noventa e cinco e vinte e três centavos).

O valor de R$195,23, é o valor vigente desde novembro de 2016.

Entendendo melhor a multa por pneu careca

O artigo 230 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) é o artigo que enquadra o condutor que é penalizado por trafegar com pneu careca.

O Código de Trânsito Brasileiro define a penalização por condução do veículo em mau estado de conservação, que possa dessa forma comprometer a segurança, ou ser reprovado na avaliação de inspeção de segurança e de emissão de poluentes e ruído, prevista no artigo 104.

Para entender melhor os fatores que levam à penalização por condução com pneu careca, você vai precisar entender um pouco o artigo 230, que lista uma variedade de irregularidades que podem tornar a condução do veículo perigosa.

A condução com um pneu careca, define o veículo como em ‘mau estado de conservação’.

Quando, os sulcos do pneu se encontram no nível abaixo de 1,6 milímetro, o veículo pode ser enquadrado como ‘mau estado de conservação’ e a penalização é grave.

Esta regra se aplica para o pneu de estepe também, então fique atento e procure manter o pneu estepe preservado também.

Lei aplicada para o pneu estepe

O pneu estepe é a sua única opção em caso de você ter um dos seus pneus furados.

É muito comum em viagens a gente passar por essa situação exaustiva e ter um pneu furado, então entenda porque o pneu estepe deve ser mantido em boas condições.

O primeiro motivo pelo qual o pneu estepe deve ser mantido em boas condições é a sua segurança!

Quais são as condições ideais para o pneu estepe?

Para você evitar qualquer tipo de problemas na hora da inspeção do seu estepe, garanta que o estepe não esteja murcho, furado ou careca.

Segundo a lei, na hora da inspeção o oficial pode decidir inspecionar o seu pneu estepe, caso algum dos outros pneus não esteja em boas condições.

Se o pneu estepe estiver em condições ruins, você pode acabar sendo multado!

Porém, quando trafega com o estepe em condições ruins, você é penalizado dentro de outro inciso do artigo 230, e a penalização é por trafegar sem equipamento obrigatório, neste caso com o estepe ineficiente.

Entenda que, as penalidades por trafegar com o estepe ineficiente são as mesmas que trafegar com o pneu carena, isto é, penalidade grave.

Em penalidade grave é cobrado R$195,23 do condutor e 5 pontos inseridos na CNH.

Retenção do veículo no caso de pneus carecas

Existe a chance de você ter o veículo retido caso esteja com os pneus carecas e ineficazes para continuarem em circulação.

No caso de retenção, seu veículo pode ser guinchado e levado para o pátio da polícia, e só poderá ser retirado quando o motorista efetuar a troca dos pneus.

Lembre-se que essa medida é tomada para garantir a segurança não somente do motorista, mas também dos outros motoristas que estão trafegando.

Dicas para saber quando chegou a hora de trocar os pneus do seu veículo

Uma forma simples de analisar como está o estado dos pneus é utilizar o indicador de TWI, que é uma ferramenta específica para essa análise, muitos borracheiros possuem e você pode tirar sua dúvida em uma borracharia.

Existe outros fatores que você pode avaliar também, por exemplo, procurar observar quanto tempo está utilizando os pneus.

Você sabe que a validade média de duração para os pneus de automóveis é de apenas cinco anos?

Quando essa média de duração é atingida o ideal é que você efetue a troca dos pneus, pois os mesmos não estarão oferecendo condições ideais de segurança.

Como saber a data de fabricação do pneu?

Para conferir a data de fabricação e saber a validade média do pneu, você pode verificar no próprio pneu a data de fabricação.

Nos pneus existe uma sigla do Departamento of Transportation (DOT) ao lado dessa sigla, você vai encontrar a data de fabricação.

Nessa numeração dos pneus você vai encontrar a semana e o ano de fabricação do pneu.

Caso o número seja 2112, por exemplo, significa que o pneu foi fabricado na 21ª semana do ano de 2012.

Fazendo essa avaliação você pode verificar a data de fabricação.

Outro fator que indica que está na hora da troca

O último fator que indica que está na hora de trocar é a forma como o motorista costuma pilotar o veículo.

Dependendo da forma como realiza as frenadas e arranque do carro o pneu pode apresentar necessidade de troca mais cedo.

Também quando se utiliza o veículo para transportar muito peso, o pneu pode apresentar a necessidade de troca mais cedo.

Entenda o risco de pilotar com pneus carecas

A Polícia Rodoviária Federal realizou uma estimativa e definiu que 20% dos acidentes dentro de autopistas na jurisdição da polícia são causados devido à pneus carecas.

20% dos acidentes! É uma porcentagem muito alta e resultado de um reparo muito simples que é muitas vezes ignorado pelos condutores.

Mesmo com a possibilidade das multas é importante levar em conta a sua segurança e dos outros condutores que estão trafegando pelas autoestradas.

Procure avaliar as condições dos seus pneus constantemente e manter um pneu estepe em boas condições dentro do seu porta-malas e garante sua segurança!

Alguns motoristas no Brasil interpretam o ato de multar como uma sacanagem do governo, mas, na realidade é uma operação para garantir a segurança de todos os condutores.

Nos casos em que os sulcos dos pneus já estão no nível abaixo de 1,6 milímetro, o carro perde a capacidade de aderência e acaba ficando mais instável.

Os sulcos da banda de rodagem, servem para evitar que o carro deslize ou derrape na pista, na ausência dos mesmos, o risco de o veículo derrapar em uma curva, por exemplo, é muito mais alta.

Uma situação que é muito arriscada para veículos com o pneu careca é quando se trafega em uma pista molhada.

Quando a pista está molhada, ocorre a aquaplanagem, que é uma fina camada de água em cima da pista, que prejudica a aderência do pneu à pista.

Com pneus carecas, o veículo perde toda a estabilidade e os riscos de um acidente ficam muito elevados.

Conclusão

A multa por pneu careca é uma medida de prevenção e preservação utilizada pelo governo para manter os condutores conscientes da importância de manter os pneus em boas condições.

Nos casos onde os pneus não se encontram em bom estado, a multa por pneu careca é uma penalidade grave e resulta em uma cobrança de R$195,23 e 5 pontos na carteira do condutor.

Somente em situações mais extremas, o carro pode ser retido até a troca dos pneus.

Lembre-se da importância de manter o pneu estepe em boas condições no seu porta-malas, pois o pneu estepe ineficiente pode também resultar em uma penalidade grave, com as mesmas cobranças da multa por pneu careca.

Você pode recorrer à multa por pneu careca, quando recorrer a multa você evita levar a cobrança da multa e os pontos na carteira.

Procure analisar e verificar as condições do seu veículo e trafegue com segurança e confiante que não vai levar nenhuma multa!


Gostou? Compartilhe! :)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *